quinta-feira

ASSISTA O FILME AGORA!

Finalmente o filme está disponível (depois de um ano de promessas) para ser compartilhado com o público da rede, sem fins lucrativos. Pensamos em comercializar em DVD mas achamos que é muito mais interessante promover um contato imediato entre o vídeo e os internautas, ainda mais se tratando de uma obra que apesar de ser autoral é educativa.
Quem quiser fazer download do filme ou assistir em melhor definição
clique aqui , mas lembramos que a definição do arquivo para download (Quicktime MOV em 480x360, 439.21MB)é de baixa definição, para evitar que o filme seja pirateado e comercializado por lojas de artigos religiosos (umbanda e candomblé) como acontece com vários filmes (Na Rota dos Orixás, Pierre Fatumbi Verger...) e obras fonográficas, ou seja, se a obra é de graça, não faz sentido algum um comerciante de produtos religiosos explorar um bem cultural que está aí para levantar debate, esclarecer e principalmente contrapor o preconceito e a perseguição às religiões brasileiras de matrizes africanas promovida por alguns segmentos neo-pentencostais e pela falta de informação.
Boa Sessão,
Kiko Dinucci


Dança das Cabaças - Exu no Brasil from Elegbara on Vimeo.


Trazido pelos escravos com outros Deuses do panteão Yoruba, Exu foi colocado à margem e passou por um processo de demonização que se inicia na missão católica na África e se estende no período colonial brasileiro, onde seus atributos originais foram ocultados.
Exu que na África era caracterizado como o princípio da vida, a força que move os corpos, a dinâmica, o senhor dos caminhos e das encruzilhadas, a principal ponte entre os mortais e as divindades que habitam o além, passa a ser visto como a personificação do mal perante o modelo cristão, devido ao seu seu símbolo fálico e seu comportamento astucioso.
Dirigido por Kiko Dinucci, o filme passa pelas diversas vertentes das religiões afro-descendentes, dos candomblés (de tradição Nagô, Gege, Bantu), Tambor de Mina, passando pela Umbanda e Quimbanda. Dança das Cabaças-Exu no Brasil conta com participações de Sacerdotes e estudiosos.








Dance of Calabash - Exu in Brazil is an poetic investigation on the African divinity Exu in the brazilian imaginary. Alongside other Yoruba Gods, Exu was brought to Brazil by the slaves and became demonized during the colonial period, when catholic missions in Africa and in Brazil concealed its original attributes. In Africa, Exu was viewed as the beginning of life, the force that moved bodies, the lord of the paths and cross-roads. It was the main link between the dead and the gods. For the Christians, it became the personification of evil, due to its falic symbol and astute behaviour. Directed by Kiko Dinucci, the movie investigates the different African-brazilian religions, such as candomblé (Nagô, Gege and Bantu traditions), Tambor de Mina, Umbanda and Quimbanda. Special appearances of priests, clergyman and scholars.

dancadascabacas@yahoo.com.br
www.vimeo.com/1436330
www.youtube.com/watch?v=RSK86SGboRc
video.google.com/videoplay?docid=1991787580060573400&q=dança+das+cabaças
www.orkut.com/Profile.aspx?uid=446398119610295170
Xilogravura: Gina Dinucci

42 comentários:

coletivo 308 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
coletivo 308 disse...

Muito bom !!!!!!!!
Parabéns belíssima investigação.
Interessantíssimo a relação dessa divindade com o imaginário popular no Brasil.
Muito legal ...

ALESSANDRO disse...

PARABENS KIKO E TODA RAPAZIADA MARAVILHOSO POIS ASSIM TODOS PRECONCEITUOSOS PODEM ENTENDER QUE EXU NAO É, E NUNCA FOI DIABO CONHECIMENTO É TUDO PARA QUE POSSAMOS TRATAR TODAS RELIGIOES COM IGUALDADE POIS NO CANDOMBLE BEM COMO NAS IGREJAS NEO OU PENTECOSTAIS E CATOLICO ETC... TEM SIM SEUS PICARETAS O QUE NAO PODEMOS É GENERALIZAR!!!!

Leandro disse...

Babalorisá Leandro d Igbò.

Parabéns Kiko pelo, video,documentário enfim vc realmente resgatou a importância de nossa cultura religiosa para mostrar e desmentir alguns falsos testemulhos contra nossa entidade Exu, simplesmente....parabéns.

Cecilia disse...

Axé! Maravilha!
E agradecida por ser assim, generoso!
Beijo,
Cecilia, da Quitanda de Iaiá.

Igor disse...

Teria como baixar esse vídeo para o meu HD? obrigado

disse...

Parabéns a todos vocês pelo cuidadoso, sensível e bonito trabalho. Fazia tempo que eu não via um filme com essa vivacidade.
Sou professor, tento trabalhar na formação de professoras e professores com as muitas diversidades. Este filme, entre muitas outras coisas interessantes que aponta, mostra um possível diálogo não agressivo entre diversos credos cristãos e não cristãos e também entre os diversos modos de ver a cultura criada entre nós e os diversos africanos e africanas. Certamente ele fará parte de minha filmografia recomendada às/aos estudantes.
Quando o filme estiver disponível em DVDs para distribuição/venda, nos avise.
Obrigado e que Esu nos abençoe a todos.
Abraços,
wanderson flor do nascimento
Brasília
:)

leila disse...

Maravilhoso! Didática perfeita, elucidativo e de alto nível de pesquisa e estudos. Parabens

Dofona disse...

axé e parabéns no seu trabalho!!!!

Débora disse...

Lindo documentário. Já espalhei entre amigos e em breve, quero publicá-lo em meu blog.

Está mais do que na hora de deixarmos todas as histórias/estórias a limpo, sem o céu da ignorância, do preconceito.

Parabéns e obrigada por iluminar nossas cabeças.

Fabiano Ferrari disse...

Ola Kiko, parabens pelo documentario.
Eu moro na Alemanha e estava interessado em mostrar esse documentario para os alunos da escola de Capoeira daqui. Tem como baixar o video? Ou só há a possibilidade de assisti-lo na Net ? Abracoes e mais uma ez obrigado
Fabiano

cosme felix disse...

fiquei muito feliz por ver este material, vejo a umbanda e o candomblé mostrados de forma aduta e inteligente, parabés ao kiko e a toda sua equipe pela obra maravilhosa que respeita estas tradições brasilianas que há tanto vem construindo o religioso nacional dentro de um imaginario popular que guarda tradições ricas e diversas do povo negro em nossa terra.

Marcos Corrêa disse...

Caro. Gostaria de adquirir uma cópia do seu documentário. Como faço?
Abs.
Marcos Corrêa: correamt@uol.com.br

Wilton disse...

Gostaei bastante do modo simpático e, ao mesmo tempo, profundo de informar, educar, falar sobre Exú. Li os créditos para minha surpresa achei que (no meu imaginário, é claro) o vídeo-documentário tivesse sido feito lá para as bandas de Pernambuco, Maranhão, Minas e Bahia. Acho que tem aí uma excelente possibilidade de se repensar novos/outros projetos... nesta intensidade criativa. Parabéns!

Angela disse...

Kiko, um dos melhores trabalhos que vi sobre esse Orixá tão polêmico e muitas vezes injustiçado. Pesquisa séria, boa cobertura, e uma forma de apresentar que não cansa!! Parabéns, bjs,
Angela Feola

Anônimo disse...

quem quiser baixar http://clipnabber.com/
e só colocar o endereço do filme
http://www.vimeo.com/1436330

está em formato flv

um abraço

Ogã D'Ogun disse...

o link direto para o download

http://vimeo.com/moogaloop/play/clip:1436330/d0f0c51a83ca5f33672bb9fbc96cf6c0/1238299200/?q=hd

um abraço

Agressive SK8 Sounds!!!!!!! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FernandaSantos disse...

Muito bom! Gostaria de adquirir o filme. Sou professora e pesquisadora da área de relações étnicorraciais e pretendo utilizá-lo na descontrução dos equívocos cometidos contra a minha religião.

jorge disse...

gostaria de adquirir o filme como faço isso?

Ana Caroline Bittencourt disse...

Olá!
Faço parte do Afrocine, cineclube da da cidade de São Carlos, interior de São Paulo. Exibimos filmes no Centro de Cultura Afro-brasileira "Odette dos Santos", sempre com uma discussão ao final de cada sessão.
Temos o interesse em exibir o filme "Dança das Cabaças - Exu no Brasil" e gostaríamos de saber como podemos adquirí-lo.

Obrigada,
Ana Caroline Bittencourt
Afrocine
(16)33518111
afrocine@ufscar.br

Talakê disse...

Olorun Kolofé a todos! Fico grato a todos que fizeram este trabalho. Mais do que um filme, documentário e esclarecimento, ele transmite a verdade pura e única. Quando criança, ouvia as mesmas coisas do começo do filme (as críticas negativas), hoje sei o que é certo e sei que não é profano, me fez voltar ao tempo de leigo e me levou novamente ao Hunkó, quando descobri que exú é mais do que um orixá, ele é a energia que emana os orixás. Já esteve aqui através de várias formas humanas, como Adão e Eva (no primeiro ato sexual para criação da espécie humana dos Judeus), como Moisés e Abraão (conduzindo o Êxodo no caminho para um novo mundo), como Budha (abrindo a consciência do mundo para a espiritualidade) e até mesmo como um Hitler (para mostrar que o mal tem que existir para se valorizar o bem). Acima de tudo ele é nosso melhor amigo, aquele que nos trás mensagens de nossos deuses Orixá e o próprio condutor de suas energias até nós. Parabéns e prossigam, se isto estivesse sendo ensinado nas escolas desde o descobrimento, pelos Pretos do passado, hoje seriamos uma Nação orgulhosa de termos a Religião, mas Ecológica do mundo, até porque o Candomblé não sacrifica seus adeptos e muito menos os faz mártir, ou ordena que virem bombas humanas em nome de um Deus que ama suicidas coletivos e não toma posse de terras e bens pessoais. Moju bá Legbá. VODUNCI TALAKÊ OMI- EWÈ FON (Djeje Savalú).

André Leão disse...

olá, teria como disponibilizar via torrent?

Astrolleo disse...

Parabéns pelo trabalho completo, sucinto, sincero e de qualidade!

Ko Oba Ko Oba O Esu Laroie!

Leonardo de Logun Edé

Lu.GonzagA disse...

PARABÉNS KIKO!!!

Maravilha de trabalho! Cinema AfromacarrônKO!

Continue sempre no caminho, a gente segue a sombra!
´
encontrei esse blog aqui tbm ó:

http://docverdade.blogspot.com/

saudações

ALEGRIA ORIGINAL disse...

Caramba, que massa!!
Muito obrigada por produzir e compartilhar esse trabalho tão bonito. Axé.

lucas disse...

Muito lindo queria parabenizar a todos da direção efins pelo trabalho maravilhoso.

emerson2506 disse...

gostaria o parabenizar pelo belo trabalho, esta servindo p/ muitos abians que ainda ñ conhece o que é Exu tento encinar em minha casa de orixa, mais mesmo assim fica restrito so entre meus filhos obrigado pelo belo trabalho

Cristiano Silveira disse...

Acabei de assistir ao filme. É espetacular! Quem não viu ainda, trate de ver. Senti muito mais orgulho de ser negro. O filme quebra todos os preconceitos acerca de Exu.

Ótimo trabalho, parabéns! =)

Junior D'Eshú disse...

Olha,sinceramente esta obra é a melhor definiçao que ja vi sobre o ORIXA EXU...Como filho deste orixa me sinto orgulhoso de poder ter um filme com um conteudo tao bem abordado como este...meus parabens! Que meu pai elegbara aboci fuó

Anônimo disse...

Parabéns a todos que trabalharam para fazer esse documentário! Fantástico! E muito esclarecedor!

Anônimo disse...

SE VOCÊ NÃO TEM CERTEZA DO AMOR QUE VOCÊ SENTE POR ELE, NÃO FAÇA ESSA ORAÇÃO, POIS ELE NUNCA MAIS TE ABANDONARÁ, NUNCA MAIS SAIRÁ DO SEU PÉ E TE AMARÁ PELO RESTO DOS SEU DIAS... Faça e verá o que acontece oração poderosa para amarrar a Pessoa Amada. Em 10 minutos apenas publicar a pessoa vai te ligar, troque as iniciais entre parenteses importante ter Fé.) Senhor que(W) nesse momento esteja pensando em mim, querendo a todo custo estar ao meu lado, querendo me ver, me abraçar e me beijar, que sua boca sinta muita vontade de me beijar e que sua mente só tenha a minha presença. Que (W) me procure ainda hoje me chamando para ficar ao seu lado e dizendo que me ama e que tomou a decisão certa e definitiva. Assim seja! Minha Rainha Pomba Gira Maria Mulambo, Rainha das sete Encruzilhadas, peço assim: vá onde (W) estiver e faça com que ele não descanse enquanto não falar comigo, pelos poderes da terra, pela presença do fogo, pela inspiração do ar, pelas virtudes das águas invoco as 13 almas Benditas. Pela força dos corações sangrados e das lágrimas derramadas por amor, para que se dirija até (W) que ele me dê muito amor, carinho e queira ficar apenas comigo. Que (W) jamais deseje outra pessoa, e que ele tenha olhos só para mim.Salve Pomba Gira Maria Mulambo, Rainha das sete Encruzilhadas, te peço assim: Gira, vai mulher gira, gira ao meu favor, gira ao meu favor e traga (W) pra mim. E pedindo assim: Ar move, fogo transforma, água forma, terra cura, e vai girando, e a roda vai girando, vai trazer para mim (W) de volta o mais rápido possível, louco e muito apaixonado, que dessa vez ele volte definitivamente pros meus braços. Que (W) ame somente a mim e me faça muito feliz. Que seja carinhoso comigo, que não consiga olhar para nenhuma outra mulher que não seja eu. Que se sinta bem somente ao meu lado, que sinta minha falta e venha ao meu encontro, e me peça para que eu nunca o abandone. Que (W) queira ficar somente comigo. Assim seja,assim será, assim está feito.Salve Pomba GiraMaria Mulambo,Salve Sete Saias, Salve suas irmã

Anônimo disse...

Parabéns pelo documentário e pela ideia de esclarecer. Atitude bonita da parte de vocês.
Grato por disponibilizar.

Almeida disse...

Bom , muito bom! parabens e a respeito de ir na bahia ou as finanças a serem gastas ,esta obra veio com uma fraterna caridade de conhecimento por pessoas de conhecimento eis que o orixá exu é muito mal incompreendido , eu mesmo me perguntei durante anos se era um ser para o bem ou o mal mas enfim obrigado e estarei disponibilizando este site como fonte de conhecimneto para outro demais irmãos que precisarem .... um abraço e parabens!

Fanzine Episódio Cultural disse...

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS comunica que estão abertas as
inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do ano 2011.

O concurso contemplará duas categorias:

CATEGORIA I (até 16 anos)
1° Prêmio: R$ 300,00
2° Prêmio: R$ 200,00
3° Prêmio: R$ 150,00
Melhor intérprete: R$ 150,00

****
CATEGORIA II (a partir de 17 anos)
1° Prêmio: R$ 500,00
2° Prêmio: R$ 300,00
3° Prêmio: R$ 200,00
Melhor intérprete: R$ 200,00

PREMIAÇÃO:
Dia 17 de novembro de 2011, em noite solene, na Biblioteca Municipal

INSCRIÇÕES:
Prazo: até 21 de outubro de 2011-09-11
Valor: R$ 2,00 (dois reais)

INFORMAÇÕES e REGULAMENTO
Biblioteca Municipal Prof. Gentil Vieira da Silva
Ruas Major Feliciano, 990 – centro – Machado-MG ( CEP: 37750-000 )
(35) 3295-6099
E-mail: machadocultural@gmail.com

Léo Guimarães - [leoguima7@gmail.com] disse...

Se ele é bom ou é mal, se é humano ou é um deus, se é de abrir ou de fechar, quem sabe dizer, afinal, se entre o sim e o não é que está o X da questão? hehehe

Parabéns a todos pelo excelente trabalho.
Laroiê!
Leo Guimarães

Rodrigo Queiroz disse...

Meu irmão, salve!
Parabéns pelo material.
Somos um Instituto Cultural em Bauru-SP, também um Ponto de Cultura, conveniado com o MinC
Dentre várias atividades, temos o CINE ICA onde transmitimos publicamente filmes nacionais de relevância cultural.
Este mês no ICA é o mês de EXU e elegemos este seu filme a ser transmitido, porém queremos em alta definição, é possível adquirir em DVD?

Aguardo breve retorno

Rodrigo Queiroz
Www.ica.org.br

Rodrigo Queiroz disse...

Meu irmão, salve!
Parabéns pelo material.
Somos um Instituto Cultural em Bauru-SP, também um Ponto de Cultura, conveniado com o MinC
Dentre várias atividades, temos o CINE ICA onde transmitimos publicamente filmes nacionais de relevância cultural.
Este mês no ICA é o mês de EXU e elegemos este seu filme a ser transmitido, porém queremos em alta definição, é possível adquirir em DVD?

Aguardo breve retorno

Rodrigo Queiroz
Www.ica.org.br

Antonio Emilio da Costa disse...

Kiko,

Exu, Eshow! O orixá e o filme...
É Exu quem se apresenta, falando de si mesmo, pela boca dos depoentes. Laroyê!

Como posso adquirir o CD Padê?

Curto muito seu trabalho, que conheci com o CD Metá Metá.

Grande abraço.

Emilio.

Anônimo disse...

É uma Pena você não conhecido senhor
Clarismundo (tambem chamado Dofono de Exu).
Ele é iniciado para o Orixa Exu a mais de 30 anos , viajou para a africa e lá se tornou Oluwo (autoridade no culto de Exu).
Porem ele Faleceu a alguns anos.

Luz13 disse...

Gostei do Blog! Partilho vídeo que gostarão: "Tudo funciona como um espelho, verso e reverso do nosso pensamento, palavra e coração." Aline - De Olho no Mundo https://www.youtube.com/watch?v=WggNw4

Paulo Pereira disse...

Super interessante, parabéns.